Mercedes-Benz vende 121 ônibus urbanos para renovação de frota em Curitiba

Data da publicação: 25/10/2018

  • Negociação envolveu chassis OF 1519, OF 1721, O 500 MA articulado e O 500 MDA superarticulado para transporte urbano e metropolitano

  • Lote foi aquirido pelas empresas: Auto Viação Redentor, Auto Viação Santo Antônio, Transporte Coletivo Glória e Viação Cidade Sorriso

  • Veículos serão utilizados em linhas dos sistemas Alimentador, Convencional, Interbairros, Linha Direta e Expresso

  • Mercedes-Benz lidera as vendas de ônibus urbanos no Brasil, com mais de 80% de participação

A Mercedes-Benz acaba de realizar a venda de 121 ônibus urbanos para renovação de frota de empresas que operam no Sistema de Transporte Coletivo de Curitiba, capital do Paraná. A negociação envolveu chassis dos modelos OF 1519, OF 1721 (suspensão mecânica), OF 1721 L (suspensão pneumática), O 500 MA articulado e O 500 MDA superarticulado, que serão destinados para transporte urbano e metropolitano.

Esse lote de veículos foi aquirido pelas empresas: Auto Viação Redentor (34 unidades), Auto Viação Santo Antônio (7 unidades), Transporte Coletivo Glória (43) e Viação Cidade Sorriso (37). Após o encarroçamento, as primeiras 100 unidades deverão ser entregues ainda este ano, com o restante previsto até fevereiro de 2019. Os novos ônibus serão utilizados em linhas dos sistemas Alimentador, Convencional, Interbairros, Linha Direta e Expresso (“canaleta”).

“Depois de seis anos, as operadoras do Sistema de Transporte Coletivo de Curitiba estão voltando a renovar suas frotas, podendo melhorar cada vez mais a qualidade do serviço prestado a cerca de 730 mil passageiros por dia”, diz Mauricio Gulin, presidente da Viação Cidade Sorriso e também da Setransp, o Sindicato das Empresas de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana. “A partir de agora, nossa expectativa é realizar renovações de frota anualmente”.

De acordo com dados da Setransp, a marca Mercedes-Benz tem uma expressiva participação de aproximadamente 55% na frota total das empresas que compõem os consórcios que operam em Curitiba, formada hoje por cerca de 1.650 ônibus urbanos.

Empresas têm longa tradição no transporte urbano de Curitiba

Mauricio Gulin destaca que as empresas que adquiriram os 121 ônibus têm longa tradição no transporte coletivo de Curitiba e que a Mercedes-Benz sempre foi uma marca presente na trajetória de todas as viações. “Estamos na terceira geração de uma família dedicada ao transporte de passageiros e escolhemos os ônibus da marca porque eles sempre nos asseguram durabilidade, credibilidade e facilidade no pós-venda, especialmente no que se refere a peças de reposição”, diz o empresário. “Temos muita confiança no produto, que é reconhecido em todo o País pela robustez e resistência na severa atividade do transporte coletivo urbano de grande volume de passageiros”.

“A otimização do consumo de combustível e dos custos operacionais também são importantes fatores que valorizamos muito na escolha pelos chassis da Mercedes-Benz”, afirma Mauricio Gulin. “Além disso, nosso relacionamento é direto, tranquilo, com um diálogo bem aberto. Sempre que precisamos, as equipes da fábrica nos trazem soluções, o que nos dá segurança. Como exemplo, 80% dos ônibus dessa atual renovação de frota foram financiados pelo Banco Mercedes-Benz”.

“Essa venda nos traz uma grande satisfação, porque estamos ampliando de forma expressiva a nossa presença no Sistema de Transporte Coletivo de Curitiba, que é uma referência para o País e para grandes cidades em todo o mundo”, diz Walter Barbosa, diretor de Vendas e Marketing Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “Nossa marca sempre foi fornecedora de veículos eficientes e rentáveis para a família Gulin e é um orgulho continuar agora ao lado de sua terceira geração”.

Mercedes-Benz lidera as vendas de ônibus no Brasil

Em 2018, a Mercedes-Benz vem mantendo o seu tradicional destaque em liderança nas vendas de ônibus no Brasil. No acumulado de janeiro a setembro, a Empresa alcançou cerca de 56% de participação no segmento acima de 8 toneladas de PBT, com 38 pontos percentuais a mais de market share em relação ao segundo colocado no ranking de vendas.

“Entre os meses de janeiro e setembro, foram emplacados 5.566 ônibus da nossa marca no País, volume 30% superior ao obtido no mesmo período de 2017, quando registramos 4.290 unidades”, informa Walter Barbosa. “As renovações e ampliações de frota estão puxando as vendas, tanto no segmento urbano como no rodoviário”.

O excelente desempenho de vendas da Mercedes-Benz também está refletido nos dois principais segmentos de mercado. Entre os urbanos, a marca emplacou 3.508 unidades e superou os 81% de participação até setembro. Nos rodoviários, foram mais de 57% de participação, com 1.448 unidades emplacadas.

 

Download do Press Release