Mercedes-Benz O 500 Super Padron é escolhido para o novo BRT de Goiânia

Data da publicação: 07/12/2021

  • Primeiras seis unidades do novo ônibus urbano da marca já estão nas garagens das empresas Rápido Araguaia e Viação Reunidas
  • O 500 R Super Padron é o maior chassi da categoria 4x2 urbano do mercado brasileiro, para carroçarias de 14 metros e cerca de 100 passageiros
  • Com suspensão totalmente pneumática e câmbio automático, Super Padron oferece alto nível de conforto para o motorista e os passageiros
  • Mercedes-Benz lidera as vendas de ônibus no Brasil

O Mercedes-Benz O 500 R Super Padron 1830, lançado neste ano, foi o modelo de ônibus escolhido para operar no novo BRT (Bus Rapid Transit) da Região Metropolitana de Goiânia, em Goiás, na região Centro-Oeste. Em fase final de construção, as vias segregadas e estruturadas do sistema de transporte coletivo urbano local receberão, de início, seis unidades do Super Padron com carroceria Caio Millenium para 48 passageiros sentados e 54 em pé.

Comercializados pela Tecar Diesel, concessionário Mercedes-Benz da cidade de Aparecida de Goiânia, os ônibus já estão prontos e disponíveis nas garagens das operadoras: três na Rápido Araguaia e três na Viação Reunidas.

A definição pelo O 500 Super Padron surgiu após um período de testes com uma unidade de demonstração fornecida pela Mercedes-Benz ao SET (Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros da Região Metropolitana de Goiânia). Com o uso de lastros, o veículo circulou por vias do sistema, quando os motoristas puderam experimentar aspectos como dirigibilidade, manobras e ergonomia no posto de comando.

Super Padron é a solução ideal para o BRT de Goiânia

“O Super Padron da Mercedes-Benz mostrava-se como solução ideal para nosso BRT Norte-Sul e isso foi comprovado com o test-drive”, afirma Adriano Oliveira, presidente do SET. “Constatamos os benefícios da suspensão pneumática, que traz ganhos de conforto para os passageiros, assim como o ar-condicionado a bordo, solução inédita em toda a Região Metropolitana. Os motoristas aprovaram e ficaram muito satisfeitos com a comodidade do câmbio automático, além da suspensão a ar”.

Para Adriano, na escolha do O 500 Super Padron para o BRT, também foram levados em conta fatores como o preço do veículo e projeções de baixo consumo de combustível, assim como o reduzido custo de manutenção. “Fazendo essa análise, decidimos então pelo modelo Mercedes-Benz. Agora, a nossa expectativa é chegar a 36 ônibus para o nosso novo sistema de transporte coletivo urbano”, ressalta o executivo.

O novo BRT Norte-Sul terá 22 km de extensão, indo, num primeiro momento, do Terminal Recanto do Bosque até o Terminal Isidória. A partir daí, na próxima etapa do projeto, o percurso chegará até o Terminal Cruzeiro do Sul, no limite de Aparecida de Goiânia. Esse moderno sistema de transporte coletivo urbano se caracteriza por semáforos inteligentes que agilizam o tráfego, bilhetagem eletrônica, corredores exclusivos e total acessibilidade.

O piso do Super Padron, com duas portas à esquerda, é da altura das plataformas elevadas de embarque e desembarque do BRT local, o que agiliza o sistema e garante acesso a cadeirantes e pessoas com dificuldade de locomoção.

Orgulho e satisfação pela presença da marca no novo BRT goiano

“Estamos muito orgulhosos e satisfeitos com a escolha do nosso novíssimo O 500 Super Padron para o BRT de Goiânia, a maior obra de mobilidade da Região Metropolitana, que busca oferecer melhoria no transporte e na qualidade de vida para a população, o que é oferecido pelos modernos produtos da nossa marca”, diz Walter Barbosa, diretor de Vendas e Marketing Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “Nossos ônibus com suspensão pneumática e vários itens de segurança se destacam pelo alto padrão de conforto e proteção para os passageiros e os motoristas, além dos motores compatíveis com o meio ambiente e a qualidade do ar”.

O maior chassi da categoria 4x2 urbano do mercado

O ônibus urbano O 500 Super Padron reflete o objetivo da marca de atender permanentemente às necessidades dos clientes em todas as circunstâncias. A Mercedes-Benz já havia identificado a oportunidade de desenvolvimento de um chassi urbano que se posicionasse entre o O 500 M 4x2 para carroçarias de 13,2 metros e o articulado O 500 MA 6x2 de 18 metros, a fim de ampliar a mais completa linha de ônibus.

Como resultado, o Super Padron é o maior chassi da categoria 4x2 urbano do mercado brasileiro, desenvolvido para carrocerias de até 14 metros de comprimento, com capacidade para cerca de 100 passageiros. Assim, pode transportar a mesma quantidade de passageiros que um modelo 6x2 de 15 metros.

“Já estávamos em etapas avançadas do desenvolvimento. A queda no volume de passageiros do transporte coletivo, causada pela pandemia, antecipou a chegada do Super Padron ao mercado para março deste ano, sem prejudicar em nada qualquer estágio de testes ou preparação da nossa fábrica”, ressalta Walter Barbosa. “Com essa solução, oferecemos às empresas um modelo que pode operar de acordo com a demanda atual de passageiros, tanto nos momentos de pico, quanto de entrepico, otimizando seus custos operacionais”.

Outra grande vantagem do Super Padron 4x2 é o fato dele ter um eixo a menos em comparação com os concorrentes 6x2. Isso significa menor custo de manutenção e de reposição de peças, ou seja, mais rentabilidade para as empresas de ônibus, com a mesma capacidade de transporte de passageiros. Além disso, por apresentar somente dois eixos, há um menor arraste dos pneus, o que se traduz em menor custo de manutenção e redução do consumo de combustível.

“Por ser um veículo versátil, este chassi apresenta uma alta flexibilidade e capacidade de transporte, chamando a atenção de clientes pelo excelente nível de conforto e performance nas cidades por onde tem passado em demonstração, como ocorreu com os operadores de Goiânia”, diz Walter Barbosa.

Mercedes-Benz lidera as vendas de ônibus no Brasil

Em 2021, a Mercedes-Benz mantém a liderança nas vendas de ônibus no País, repetindo este feito há 65 anos. De janeiro a novembro, a marca emplacou 5.302 ônibus, conquistando 41% de participação de mercado no segmento acima de 8 toneladas de PBT – peso bruto total. Vale destacar o emplacamento de 2.410 ônibus da marca no segmento urbano, alcançando a liderança com mais de 66% de market share.

O segmento de fretamento segue aquecido no Brasil. No acumulado de janeiro a novembro, foram 2.145 ônibus emplacados para essa finalidade, com crescimento de 35% em relação às 1.586 unidades do mesmo período do ano passado. Isso se deve ao fretamento contínuo das empresas que, para se adequar às medidas de segurança em relação à Covid-19, tiveram que aumentar o número de ônibus para reduzir a quantidade de pessoas por veículo, garantindo o distanciamento dos funcionários.

No acumulado de janeiro a novembro deste ano, a Mercedes-Benz lidera as vendas de ônibus para fretamento no País. Foram emplacadas 1.380 unidades, cerca de 39% a mais em relação às 994 unidades do mesmo período de 2020. Isso representa 64% de participação da marca no segmento de fretamento.

Download do Press Release