Ônibus elétrico e soluções de mobilidade são atrações da Mercedes-Benz na Lat.Bus & Transpúblico 2021

Data da publicação: 21/09/2021

  • Chassi para ônibus elétrico urbano eO500U marca o ingresso da Empresa na era da eletromobilidade no Brasil
  • Stand virtual da Mercedes-Benz traz outros destaques do portfólio: OF 1621 para fretamento, O 500 R Super Padron para transporte urbano e O 500 RSD para aplicações rodoviárias
  • Novo Serviço 4.0 de telemetria e conectividade para clientes do segmento de ônibus é apresentado no evento
  • Mercedes-Benz lidera as vendas de ônibus no Brasil
  • Clique aqui para acessar o press release sobre as novidades da Daimler Latina na Lat.Bus
  • Clique aqui para assistir ao vídeo da nossa coletiva de imprensa

O eO500U, primeiro chassi de ônibus elétrico da Mercedes-Benz no País, é a principal atração da marca na Lat.Bus & Transpúblico, maior feira da mobilidade urbana do Brasil e da América Latina. Em parceria com a NTU (Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos), esse evento será realizado em formato virtual nos dias 21, 22 e 23 de setembro. Paralelamente, ocorrerá o Seminário Nacional NTU, que tem como tema central “O novo transporte público coletivo”.

Juntamente com o primeiro veículo comercial elétrico 100% desenvolvido pela equipe de engenharia brasileira, a Mercedes-Benz apresenta outras soluções de mobilidade. Em seu stand virtual, estão em evidência o chassi OF 1621 para fretamento, o modelo O 500 R Super Padron para transporte urbano e o O 500 RSD para aplicações rodoviárias. Além disso, é revelado o conceito de um novo Serviço 4.0 de telemetria e conectividade para clientes do segmento de ônibus.

“Diariamente, nosso time de ônibus trabalha inspirado pelo mote Pensando no coletivo. Pensando no futuro. Iremos mostrar os reflexos deste propósito na Lat.Bus & Transpúblico”, afirma Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “Primeiramente, porque estamos apresentando uma solução de mobilidade para o futuro muito próximo: em 2022, chega ao mercado o eO500U. Ao mesmo tempo, a Mercedes-Benz, como sempre, não perde o olhar no presente, no que está acontecendo nesse momento no mercado. Por isso, traz as novidades mais recentes da marca que atendem totalmente às demandas atuais dos nossos clientes”.

De acordo com o executivo, o chassi OF 1621 exclusivo para fretamento e o chassi O 500 Super Padron para transporte urbano são veículos que já estavam no ciclo de desenvolvimento da Empresa, visando a ampliação do portfólio. “Essas soluções caíram como uma luva para atender aos clientes em meio à demanda gerada pela pandemia. As medidas de distanciamento social impactaram significativamente o número de passageiros nos ônibus e esses dois modelos se encaixam perfeitamente nesse cenário, pois se adequam à nova realidade do transporte de passageiros e da mobilidade urbana, tema, aliás, do Seminário Nacional NTU deste ano”.

Ônibus elétrico é solução sustentável, tecnológica e econômica

“O eO500U é uma solução que reforça o compromisso da nossa marca em oferecer uma alternativa sustentável para a mobilidade urbana aliada à eficiência tecnológica e econômica para as empresas de ônibus e gestores do transporte coletivo”, diz Walter Barbosa, diretor de Vendas e Marketing Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “Este primeiro veículo comercial elétrico da Empresa foi criado, está sendo desenvolvido e será produzido em nosso País, tanto para o mercado brasileiro, como também para países da América Latina e Oceania”.

O mais novo membro da consagrada linha O 500, o eO500U é um modelo Padron 4x2 de piso baixo, para carroçarias de até 13,2 metros. Como grandes diferenciais, terá autonomia de 250 km, a maior entre os ônibus elétricos no Brasil, além da maior capacidade de transporte de passageiros do segmento. O sistema de recarga de baterias é do tipo plug-in, no mesmo padrão tecnológico utilizado pela Daimler em seus ônibus elétricos, levando até três horas para a recarga completa.

O eO500U traz para o motorista e o usuário uma experiência única, com uma condução suave, muito confortável e totalmente silenciosa.

Consultoria especializada na chegada dos ônibus elétricos

“Mais do que lançar um novo produto no Brasil, o chassi de ônibus elétrico representa um novo passo da Companhia na direção de um ecossistema que inclui também serviços exclusivos e dedicados aos veículos elétricos”, afirma Roberto Leoncini. “Nessa entrada na era da eletromobilidade, daremos todo o suporte para que os clientes trabalhem com total segurança em sua operação e em seus negócios”.

A gama de serviços incluirá uma consultoria especializada às empresas de ônibus e aos gestores do transporte coletivo urbano no que se refere ao funcionamento do veículo, à infraestrutura de abastecimento de energia e de recarga das baterias e à gestão de frota com ônibus elétricos.

“Ao chegar aos mercados brasileiro e latino-americano no próximo ano, como também aos países da Oceania, o eO500U atenderá às especificações de cada país, inserido no contexto de multissoluções globais da marca”, diz Roberto Leoncini. “Assim como o elétrico, a Mercedes-Benz seguirá apostando em alternativas, como os biocombustíveis Biodiesel e HVO, que também podem auxiliar na redução de CO2. Além disso, o diesel, cujo uso é maioria em frotas no Brasil e no mundo, apresenta alto potencial de melhorias em eficiência, consumo e redução de emissões”.

O 500 Super Padron é um ônibus 4x2 para até 100 passageiros

O chassi de ônibus urbano O 500 Super Padron reflete o objetivo da marca de atender permanentemente às necessidades dos clientes em todas as circunstâncias. A Mercedes-Benz já havia identificado a oportunidade de desenvolvimento de um chassi urbano que se posicionasse entre o O 500 M 4x2 para carroçarias de 13,2 metros e o articulado O 500 MA 6x2 de 18 metros, a fim de ampliar a mais completa linha de ônibus.

Como resultado, o Super Padron é o maior chassi da categoria 4x2 urbano do mercado brasileiro, desenvolvido para carrocerias de até 14 metros de comprimento, com capacidade para até 100 passageiros. Assim, pode transportar a mesma quantidade de passageiros que um modelo 6x2 de 15 metros.

“Já estávamos em etapas avançadas do desenvolvimento. A queda no volume de passageiros do transporte coletivo, causada pela pandemia, antecipou a chegada do Super Padron ao mercado para março deste ano, sem prejudicar em nada qualquer estágio de testes ou preparação da nossa fábrica”, ressalta Walter Barbosa. “Com essa solução, oferecemos às empresas um modelo que possa operar de acordo com a demanda atual de passageiros, tanto nos momentos de pico, quanto de entrepico, otimizando seus custos operacionais”.

Outra grande vantagem do Super Padron 4x2 é o fato dele ter um eixo a menos em comparação com os concorrentes 6x2. Isso significa menor custo de manutenção e de reposição de peças, ou seja, mais rentabilidade para as empresas de ônibus, com a mesma capacidade de transporte de passageiros. Além disso, por apresentar somente dois eixos, há um menor arraste dos pneus, o que se traduz em menor custo de manutenção e redução do consumo de combustível.

Por ser um veículo versátil, este chassi apresenta uma alta flexibilidade e capacidade de transporte, chamando a atenção de clientes pelo excelente nível de conforto e performance nas cidades por onde tem passado em demonstração.

OF 1621 para fretamento ganhou imediata aprovação dos clientes

O chassi de ônibus OF 1621, desenvolvido especialmente para o segmento de fretamento, também ganhou imediata aprovação do mercado, uma vez que as indústrias e empresas começaram a solicitar mais ônibus para transporte de funcionários com distanciamento.

Esse chassi permite a montagem de até 48 assentos para passageiros mais o Dispositivo de Poltrona Móvel, que oferece segurança e conforto de acessibilidade a cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida.

“O OF 1621 foi concebido para ser o modelo de entrada do segmento de fretamento a partir de pedidos de clientes que nos solicitaram uma opção de ônibus mais eficiente para a operação e com custo ainda mais atrativo, sem abrir mão do maior número possível de assentos, permitindo o transporte dos passageiros com distanciamento e segurança”, diz Walter Barbosa.

O OF 1621 dispensa retrabalhos de corte das longarinas no encarroçador. Ou seja, já sai da fábrica pronto para receber a carroceria de forma rápida e fácil e, consequentemente, com menor custo de aquisição e o melhor custo/benefício do mercado para fretamento. 

Mercedes-Benz foi a primeira a trazer ao mercado um veículo dedicado ao serviço de fretamento. Esse projeto foi realizado em parceria com os encarroçadores e a partir da opinião de clientes. Até o momento, desde o seu lançamento em novembro no ano passado, já foram vendidas mais de 200 unidades do OF 1621 no mercado brasileiro.

O motor mais potente para ônibus rodoviários O 500

Na Lat.Bus & Transpúblico, a Mercedes-Benz também destaca uma ótima opção para o segmento rodoviário. Trata-se da versão de 430 cavalos do motor OM 457 LA da linha O 500, amplamente reconhecido pela excelente performance e baixo consumo de combustível. Esse motor é o mais potente da marca para ônibus no Brasil, equipando o O 500 RSD 2443 6x2 e o O 500 RSDD 2743 8x2.

Segundo o executivo, o mercado vinha solicitando um ônibus com potência ainda maior, especialmente para carroçarias Double Decker e High Decker de 14 e de 15 metros, que exigem melhor performance nas estradas. “A potência de 430 cavalos traz um ganho de eficiência nos motores de ônibus mais pesados, levando a um melhor desempenho em topografias mais severas. Além disso, somando-se a outras medidas, como o pacote Fuel Efficiency e o estilo de condução do motorista, pode-se chegar até 10% de economia no consumo de combustível, reduzindo custo operacional para as empresas”, afirma Walter Barbosa.

No evento, a Mercedes-Benz também reforça os diferenciais do avançado pacote de segurança ativa de ônibus rodoviários O 500, como ACC (piloto automático adaptativo), AEBS (sistema de frenagem de emergência) e LDWS (sistema de aviso de faixa), itens opcionais para as versões RS e RSD 6x2 e de série para o RSDD 8x2.

Serviço 4.0 de telemetria e conectividade para clientes de ônibus

As novidades da marca na Lat.Bus & Transpúblico 2021 não se restringem a veículos. Em primeira mão, será apresentado um novo Serviço 4.0 para ônibus, que chegará ao mercado a partir de 2022. Trata-se de um serviço de telemetria e conectividade com padrão Mercedes-Benz de segurança, precisão e confiabilidade para ônibus.

“Já agora em outubro, iniciaremos um teste piloto com clientes para que eles possam ter a experiência dessa novidade em suas operações. Essa inovação, exclusiva para ônibus, vem sendo preparada juntamente com parceiros da Daimler de grande experiência nos mercados brasileiro, europeu e americano”, informa Walter Barbosa.

Entre as principais funcionalidades do sistema incluem-se monitoramento e diagnóstico de falhas em tempo real, eventos georreferenciados, sistema de diagnose remota e análise on line do comportamento do veículo.

Com interface Web e uso intuitivo e amigável, o novo serviço trará muitas vantagens aos clientes, como redução dos custos operacionais e do consumo de combustível e, consequentemente, menos emissões de poluentes. O monitoramento poderá levar a uma redução de intervenções não programadas. Ou seja, esse novo serviço resultará em ainda maior disponibilidade dos ônibus em circulação.

65 anos da Mercedes-Benz do Brasil e da produção de ônibus no País

No próximo dia 28 de setembro, a Mercedes-Benz do Brasil completará 65 anos de atividades. O primeiro chassi de ônibus totalmente fabricado no País, o LP 312, saiu da linha de montagem da fábrica de São Bernardo do Campo em 1956. De lá para cá, a marca passou a oferecer as mais diferentes alternativas de transporte de passageiros pelas ruas, avenidas e estradas do País. Hoje, a marca conta com o portfólio mais completo do Brasil, desde os micro-ônibus aos superarticulados e aos rodoviários mais modernos do mercado.

“Nos 65 anos da nossa história, a mesma fábrica produziu e segue produzindo uma variedade de modelos de última geração, como os chassis de ônibus da linha O 500, o que mantém a Empresa na vanguarda do desenvolvimento tecnológico e na criação de soluções para o transporte urbano e rodoviário de passageiros”, diz Roberto Leoncini. “Essa trajetória culmina com o anúncio da chegada do nosso ônibus urbano elétrico, com a Empresa entrando na era da eletromobilidade no Brasil. Essa tradicional posição de pioneirismo e inovação levou a marca à liderança nas vendas de ônibus no mercado interno, em todos esses 65 anos, com destaque nas exportações para países da América Latina e de outros continentes”.

Segundo o executivo, a confiança que o mercado brasileiro deposita na Mercedes-Benz se reflete também na frota nacional. Atualmente, 6 em cada 10 ônibus em circulação pelas cidades e estradas do Brasil levam a estrela de três pontas. “Isso nos motiva a fazermos sempre o melhor pelos clientes e pela sociedade. Foi assim que conquistamos a expressiva preferência das empresas do segmento e a satisfação dos passageiros. Ao chegar aos 65 anos, seguimos pensando no coletivo e pensando no futuro da mobilidade e da sustentabilidade. Trabalhamos para todos que movem o mundo. E estamos preparados para continuar a contribuir com o desenvolvimento do setor e do nosso País por muitos e muitos anos”.

Mercedes-Benz é líder nas vendas de ônibus no Brasil

Em 2021, a Mercedes-Benz mantém a liderança nas vendas de ônibus no País, repetindo este feito há 65 anos. De janeiro a agosto, a marca emplacou 3.964 ônibus, conquistando cerca de 40% de participação de mercado no segmento acima de 8 toneladas de PBT – peso bruto total.

Vale destacar o emplacamento de 1.859 ônibus da marca no segmento urbano, alcançando a liderança com mais de 65% de market share. No segmento rodoviário, o primeiro lugar da Mercedes-Benz foi consolidado com mais de 64% de participação de mercado, com o emplacamento de 1.354 unidades.

Ao final dos oito primeiros meses do ano, o segmento de fretamento segue aquecido no Brasil. Foram 1.653 ônibus emplacados para essa finalidade, com crescimento de 80% em relação às 916 unidades do mesmo período do ano passado. Isso se deve ao fretamento contínuo das empresas que, para se adequar às medidas de segurança em relação à Covid-19, tiveram que aumentar o número de ônibus para reduzir a quantidade de pessoas por veículo, garantindo o distanciamento dos funcionários.

No acumulado de janeiro a agosto deste ano, a Mercedes-Benz lidera as vendas de ônibus para fretamento no País. Foram emplacadas 1.096 unidades, quase o dobro em relação às 551 unidades do mesmo período de 2020. Isso representa 66% de participação da marca no segmento de fretamento.

Sobre a Lat.Bus & Transpúblico e o Seminário Nacional NTU

A expectativa é que os eventos reúnam, durante os três dias, milhares de participantes brasileiros e latino-americanos para apresentar e debater um conteúdo exclusivo e de alta relevância. Entre os assuntos em pauta incluem-se: qualidade e produtividade, custeio e investimentos, regulamentação e contratos, com foco na melhoria dos serviços de transporte coletivo urbano.

O formato 100% virtual busca facilitar a geração de negócios, interatividade e experiência imersiva. Além de assistir ao evento principal, os participantes poderão visitar stands no pavilhão virtual, acessar e baixar conteúdo exclusivo das marcas expositoras, participar de rodadas de negócios virtuais e até trocar cartões virtuais com outros participantes no Cyber Café.

Download do Press Release